Estudos de Benchmarking

O IEG realiza constantemente estudos de benchmarking para empresas que estejam interessadas em desenvolver conhecimento relacionado a temas que envolvam estratégias em Engenharia de Gestão. O estudo de benchmarking consiste em analisar uma determinada área em empresas de diversos setores da economia e comparar o setor específico com outras empresas a fim de mostrar como está a atuação no mercado. Como por exemplo, estudos de benchmarking para diversas áreas como TI, RH, CSC, Finanças, Suprimentos etc. e também estudos em diversos setores da economia.

CSC

O Instituto de Engenharia de Gestão (IEG) é líder no Brasil em estudos sobre Centro de Serviços Compartilhados. São realizadas pesquisas de benchmarking que comparam as práticas de gestão adotadas nos CSCs; os custos de operação, a produtividade e o nível de serviço dos processos; além do perfil dos profissionais de Serviços Compartilhados, como a formação acadêmica, nível de competências e faixa salarial. Estas pesquisas têm por objetivo auxiliar os CSCs das empresas no alcance da excelência na prestação de serviços.

PERÍODO: Fevereiro a Julho

O estudo, realizado desde 2009, analisa anualmente as práticas de gestão e operação adotadas nos Centros levando em conta produtividade em custos e nível de serviço, compreendendo os macroprocessos de Requisition to Pay, Order to Cash, Fiscal, Contabilidade, Recursos Humanos, Tecnologia da Informação, Facilities e Jurídico.

PERÍODO: Setembro a Dezembro

A pesquisa anual tem por objetivo identifi­car o perfi­l do profi­ssional de Serviços Compartilhados, indicando o padrão de formação, competências necessárias, gaps existentes e nível salarial médio praticado. Cada empresa é posicionada frente ao mercado, de forma a apontar os gaps e oportunidades de melhorias observadas.

Finanças

Com o estudo de benchmarking em Finanças, as empresas conseguem se posicionar frente ao mercado quanto aos processos financeiros. Isto permite um aprimoramento das ferramentas e práticas utilizadas com objetivo de alcançar níveis mais altos de eficiência e nível de serviço, uma vez que se tem conhecimento das tendências e oportunidades nesse mercado.

T.I

Os estudos de benchmarking em TI buscam comparar as estruturas desta área em empresas de diversos perfis. Essa comparação contempla desde o perfil da equipe até a estrutura de custos alocada.

R.H

No benchmarking de Recursos Humanos, os processos são analisados de forma que possibilite a comparação de custos, nível de serviço, além das práticas adotadas pelas diferentes áreas de RH.

Suprimentos

O benchmarking em Suprimentos tem por objetivo analisar a área de Suprimentos das empresas de forma a posicioná-las no que tange à estrutura organizacional, perfil do profissional, stakeholders, principais práticas de gestão, indicadores de desempenho e inteligência competitiva. Além de contextualizar o mercado indicando as principais dificuldades e tendências identificadas na cadeia de suprimentos.